Plano de Negócio: Qual sua vantagem para incorporadoras e construtoras 

O plano de negócio é uma estratégia de roteiro documentada que influencia na eficiência dos projetos do mercado imobiliário. 

Organizar os processos que antecedem a execução de um projeto é um exercício fundamental para garantir a padronização, normatização e efetivação das obras. Assim, o planejamento de cada etapa desenvolve a análise de dados e metrifica as ações de forma positiva. 

O plano de negócio se tornou uma ferramenta para guiar o passo a passo de um projeto imobiliário desde a análise de viabilidade até a definição de estratégias de marketing e vendas. Mas, você sabe o que é esse plano e quais são suas funcionalidades para as incorporadoras e construtoras? Vem comigo que irei explicar tudo sobre essa ação nesse artigo.

Vamos nessa?

Enciclopédia do Marketing Imobiliário

O que significa Plano de Negócio?

Plano de Negócio: A imagem mostra duas pessoas sentadas em frente a um grande tabela preto, trabalhando em um ambiente de negocios. Eles estão examinando documentos e gráficos, que parecem ser relatórios de negócios ou estatísticas. Há vários itens de escritório em cima do tabela, incluindo um telefone, um laptop, um tablet, um par de óculos, um par de canetas e um copo de café. A atmosfera é organizada e profissional.

O plano de negócio é um importante documento descritivo sobre as metas desenhadas pela empresa. É através desse que a definição, elaboração e aplicação de estratégias que tragam um retorno positivo para o projeto. 

Pode-se dizer que essa ação funciona como um roteiro organizado que define as etapas, tarefas e os prazos de desenvolvimento das operações. Estabelecer um plano estratégico para o seu negócio disponibiliza a automatização e potencialização das atividades e influência na evolução efetiva do empreendimento

Assim, para visualizar de forma precisa os dados sobre o mercado e planejar as estratégias de marketing que irão projetar o sucesso das vendas. Para isso, é necessário investir em ferramentas de desenvolvimento, como as apresentadas no material a seguir. 

Diferença entre Plano Empresário e Plano de Negócio?

Como você já deve ter visto, ao longo de suas pesquisas sobre o mercado imobiliário, alguns conceitos podem ter seus significados associados de maneira equivocada. O termo plano empresário e o de plano de negócios acabam sendo confundidos dentro dos aspectos de planejamento de uma empresa, por isso irei explicar as diferenças entre eles logo mais. 

Quando se fala sobre um plano de negócio está se referindo ao detalhamento de objetivos, métricas, estratégias e operações organizados em um documento. Dentro das regras de desenvolvimento dessa ação estão: 

  • Análise da Situação do Mercado 
  • Observação das Produções da Concorrência 
  • Estruturação Organizacional 
  • Verificação do Modelo de Receita 
  • Projeção Financeira do Investimento 
  • Definição das Estratégias de Marketing e Vendas 

Já as características do plano empresário estão pautadas na ação de financiamento, foco na obtenção de crédito assertivo e desenvolvimento financeiro efetivo por parte das incorporadoras. Esse conceito define as bases financeiras, quais instituições oferecem empréstimos adequados ao perfil da empresa, contata a base de investidores, analisa subsídios do governo e garante a eficiência do financiamento. 

Assim, pode-se definir o plano de negócio como uma estratégia operacional e o plano empresário como uma estrutura de recursos e planejamento financeiro. Desse modo, ambos são importantes para o mercado imobiliário e suas aplicações impulsionam os projetos das incorporadoras e construtoras, cada um com sua finalidade característica. 

Funcionalidades do Plano de Negócio para Construtoras e Incorporadoras

Plano de Negócio: A imagem mostra uma escrivaninha preta com o texto "Plan" escrito em branco no topo. Abaixo do texto, há três números: "1.", "2." e "3.", também escritos em branco. Ao lado da escrivaninha, há um teclado preto com alguns botões visíveis. Ao lado do teclado, há um par de óculos de armação preta e lentes brancas, e um par de lâmpadas de armação preta e vidro claro. A lâmpada está parcialmente dentro da escrivaninha, e o par de óculos está parcialmente dentro da lâmpada. A imagem tem um estilo moderno e parece ser uma representação visual de planejamento ou ideias.

O plano de negócio para incorporadoras e construtoras é funcional para o alcance de objetivos e aplicação de investimento de forma eficaz. Ao implementar essa estratégia dentro de projetos, as empresas potencializam o alcance à múltiplas ações ligadas ao mercado imobiliário

Você pode aprender a montar um plano de negócios através de plataformas como o Sebrae de forma precisa. Os cursos impulsionam o desenvolvimento dessa ação e auxiliam no conhecimento prático das funções desse tipo de planeamento

Assim, antes de investir nesse conhecimento, é necessário que reconheça as funcionalidades de um plano de negócio. Irei pontuá-las a seguir. 

Identificação de Tendências e Avaliação de Oportunidades

O plano de negócio promove uma análise de mercado eficiente, pois impulsiona a identificação de tendências de acordo com a localidade em que os projetos serão executados. Dentro dessa ação estão incluídas: 

  • Características específicas de propriedades 
  • Médias de Preços dos Imóveis 
  • Interesse da Concorrência  
  • Preferências de Busca do Cliente. 

Após isso, é preciso identificar quais oportunidades serão positivas para o seu negócio, assim é preciso avaliar as áreas de interesse de investimento. Isso significa que, se torna necessário analisar a assertividade do desenvolvimento de novos projetos

Objetivando uma ação bem-sucedida a construtora deve verificar a demanda de determinadas áreas por empreendimentos e possíveis falhas de mercado local em relação à busca do público-alvo

Definição do Empreendimento e Captação de Terrenos

Utilizar o plano de negócio pode colaborar com a definição do projeto da propriedade que será desenvolvida pela construtora. Dessa forma, escolher o tamanho, design arquitetônico, características específicas e qualificação desse como residencial, comercial ou até mesmo misto se torna um processo prático e bem-sucedido. 

Dentro do processo de projeção de um empreendimento, a captação de loteamentos assertivos é o primeiro passo para uma execução de obras bem-sucedida. Implementar um plano de negócio colabora com a seleção efetiva de terrenos, considerando critérios essenciais como: 

  • Custo de Aquisição 
  • Localização 
  • Valorização Potencial 
  • Acesso à Vias e Serviços 
  • Regulamentações Adequadas 

Análise de Viabilidade

Estabelecer um plano de negócio auxilia no detalhamento e assertividade da análise de viabilidade de um novo projeto. Dentro dessa ação são verificadas as movimentações do mercado, os recursos financeiros necessários para a execução do empreendimento e a sustentabilidade desse a longo prazo. 

Imagem do lançamento imobiliário na prática

Desse modo, o plano de negócios influencia na avaliação de opções e na definição de um planejamento estrategicamente informativo. É a partir disso que as decisões são tomadas de forma assertiva e colaboram com a gestão e expansão da sua incorporadora ou construtora. 

Gestão Operacional e Monitoramento

O encaminhamento proporcionado pelo plano de negócio auxilia na operação eficiente, descreve os processos e as responsabilidades que acompanham cada etapa do processo de construção. Através dessa ação é possível alinhar os objetivos e estratégias para que as equipes responsáveis desenvolvam o projeto de forma rápida e eficaz. 

É também, a partir de um plano de negócio bem estruturado que as projeções de finanças e métricas são analisadas e criam a base de monitoramento sobre o desempenho do empreendimento. Assim, as comparações, previsões e ajustes se tornam assertivas e colaboram com os resultados satisfatórios a longo prazo. 

Os Benefícios do Plano de Negócio

Plano de Negócio: A imagem mostra uma cena de trabalho em que várias pessoas estão engrossadas em um estudo de dados. Há mãos de várias pessoas segurando folhas de papel com gráficos e estatísticas, além de um tablet e um smartphone. As mãos estão sobre um grande livro aberto, que também contém gráficos e dados. A atmosfera sugere uma atividade de análise de dados ou estudo de negócios.

Para pensar no desenvolvimento do plano empresário é preciso explorar quais são os benefícios trazidos por esse. Afinal, para fazer a aplicação desse tipo de estratégia na incorporadora ou na construtora deve ser algo amplamente positivo. 

Como você já pôde observar o que é o plano de negócio e como esse é essencial para a organização e orientação da estrutura dos processos de um projeto, agora é o momento de compreender os benefícios de aplicar essa ação na sua empresa.  

Desse modo, ao fazer o planejamento dessa você consegue definir e implementar a: 

Estratégia de Direcionamento

O plano de negócio impulsiona a visualização acessível aos objetivos da empresa e a definição de estratégias de alcance efetivas. É através desse que o alinhamento de metas é estruturado e o desenvolvimento das direções que a empresa irá tomar para o projeto. 

Vale ressaltar que a definição das estratégias de direcionamento é essencial para assegurar que todas as etapas do projeto sejam bem-sucedidas

Decisão Explicada

Para desenvolver as tomadas de decisão de forma positiva a construção de uma análise descritiva sobre: 

  • Situação do Mercado Imobiliário 
  • Condição Financeira Empresarial 
  • Gestão de Riscos 

Além disso, o plano de negócio impulsiona o acesso e acompanhamento de informações essenciais para o embasamento das tomadas de decisões. Ou seja, colabora com a análise de efetividade do lançamento, potencialização dos investimentos em marketing e até mesmo a construção de estratégias assertivas para os novos negócios.

Captação de Investidores e Financiamentos

Ao investir em um plano de negócio de alta performance ajuda na potencialização da credibilidade da empresa. É através do desenvolvimento positivo da autoridade de mercado da construtora, ou incorporadora, o interesse por parte dos investidores do setor é ampliado.

Construir um plano de negócio para as incorporadoras e construtoras mostra o planejamento estratégico, demonstra o cuidado da empresa e a objetividade e comprometimento com as metas do projeto. Desse modo, obter financiamento e captar investimentos se torna algo ágil e efetivo.

Gestão de Riscos e Potencialização Eficiência Operacional

A avaliação dos riscos interligados às operações desenvolvidas pela construtora é fundamental para assegurar a saúde financeira da empresa. Ao aplicar a gestão de riscos às estratégias, colabora-se com a mitigação de interrupções e atrasos, tanto dos documentos, quanto das obras.

Através do plano de negócio elaborado de forma efetiva que a empresa se protege de impactos negativos em suas finanças e em demais áreas. Assim, colabora com a definição objetiva dos processos e a projeção de metas mensuráveis.  

Isso potencializa a eficiência operacional da construtora, impulsionando a organização e a gestão assertiva de todas as etapas e dos múltiplos projetos. Ao implementar esse tipo de ação, é possível obter um roteiro de tarefas efetivo, que coordena as equipes e transforma a gestão de todas as áreas da construtora. 

Avaliação de Desempenho e Estruturação a Longo Prazo

O estabelecimento de um plano de negócio para a incorporadora ou construtora colabora com a definição de métricas específicas e de desempenho das tarefas. Desse modo, a organização e o acompanhamento do progresso são agilizados. 

Ao estabelecer uma meta e avaliar seu progresso é possível ajustar as etapas e garantir a continuidade assertiva do projeto. Desse modo, implementar o plano de negócio é visualizar, a longo prazo, múltiplos processos, estratégias, ações e projetos.  

Essa antecipação colabora com a preparação e estruturação de um planejamento a longo prazo eficiente para superar desafios e aproveitar as oportunidades do mercado. 

O que você aprendeu com esse artigo: 

O que é plano de negócio? 

É um documento que define parâmetros de atuação de um projeto em nível estratégico e operacional. Esse guia as ações do processo de desenvolvimento de um empreendimento imobiliário, por exemplo. 

Qual a diferença entre plano de negócio e plano empresário? 

O plano de negócio funciona como um script que define e delimita o acompanhamento de múltiplas etapas do processo de desenvolvimento de um projeto. Já o plano empresário é um financiamento destinado à empreendedores. 

O plano de negócio é importante para o empresário? 

Sim, pois amplifica a assertividade do processo de estruturação de um empreendimento e potencializa a utilização correta dos recursos materiais e financeiros da empresa. 

Você já conhece o CV CRM?

Este conteúdo gratuito é oferecido para você pelo CV CRM, o único CRM 5.0 do mercado imobiliário e o maior do Brasil. O CV é a plataforma que gerencia sua jornada comercial da pré-venda à pós-venda, transformando digitalmente as incorporadoras nacionais. Com 11 anos de experiência, mais de 850 incorporadoras clientes e 170 mil corretores de imóveis associados, o CV é líder de mercado e te entrega um panorama total da sua gestão comercial na tela do computador. 

Saiba mais sobre o CRM oficial de 30 das 100 maiores construtoras do país: Solicite uma demonstração

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração