Diário de obras: o que é e como preenchê-lo

O diário de obras é uma ferramenta indispensável para o registro e controle de todas as etapas de um projeto de construção. Este é um documento que proporciona uma visão detalhada das atividades realizadas no canteiro de obras, contribuindo para a gestão eficiente de um empreendimento.  

É através deste detalhamento que construtoras e incorporadoras têm aprimorado cada vez mais sua gestão de recursos, garantindo economia e qualidade para os produtos finais.  

Se você quer aprimorar o uso desta ferramenta no seu processo, a primeira coisa é saber que a pessoa responsável pela escrita do diário de obras é o encarregado ou responsável técnico da obra.  

Ele geralmente é um profissional da construção civil, como engenheiro civil, mestre de obras ou arquiteto, que possui conhecimento técnico e experiência para acompanhar e registrar todas as atividades realizadas no canteiro de obras. 

Além do encarregado, outros profissionais, como engenheiros fiscais, gestores de qualidade ou responsáveis pela segurança do trabalho, podem contribuir com informações específicas para o diário de obras em suas respectivas áreas de atuação.  

No entanto, é papel do encarregado consolidar todas as informações e garantir a completude e a precisão do registro diário. 

Se você chegou até aqui é porque deseja melhorar sua gestão e eu posso te ajudar! 

Neste artigo, vou explorar a importância do diário de obras, aprofundar na compreensão sobre o que é esse documento, e fornecer orientações sobre como preenchê-lo corretamente, garantindo que se torne uma ferramenta valiosa para o sucesso do seu projeto. Vamos comigo? 

Sumário

O que é um Diário de Obras? 

O diário de obras, também conhecido como livro de obras ou livro de registro, é um documento formal utilizado na construção civil para registrar todas as informações relevantes sobre o andamento do empreendimento.  

Ele pode ser físico ou digital, dependendo das preferências e tecnologias adotadas pela empresa responsável pela obra. 

Esse registro tem como objetivo documentar, de forma cronológica, as atividades realizadas no canteiro, bem como as ocorrências relevantes e decisões tomadas durante o processo construtivo.  

Assim, junto ao cronograma, o diário de obras torna-se uma fonte confiável de informações para a equipe responsável, investidores, clientes e demais partes interessadas. 

Em especial em projetos que levam muito tempo, o registro sistemático do andamento do que foi planejado permite a diminuição de imprevistos e um maior controle.  

Agora eu vou falar um pouco mais sobre a importância desta ferramenta, para que você compreenda todos os aspectos de relevância da implantação. Certo? 

Mas antes… 

Se você se interessa pelo assunto gestão, poderá também gostar destes conteúdos que separei para você:

Importância do Diário de Obras 

Chegou a hora de reunir argumentos poderosos para a implementação do diário de obras como ferramenta do próximo empreendimento. É comum na gestão de times que os colaboradores, muitas vezes, não estejam alinhados na compreensão de uma nova prática.  

Entendendo a importância do diário de obras, você poderá explicar à sua equipe e otimizar sua gestão. Vamos aos argumentos: 

Registro Histórico:  

O diário de obras é uma espécie de memória da construção, permitindo que todas as ações e eventos relevantes fiquem registrados para consultas futuras. Isso é valioso em casos de dúvidas, disputas contratuais e para análise de possíveis erros e acertos em projetos futuros. 

Imagem do lançamento imobiliário na prática

Controle e Gestão:  

O documento serve como um instrumento de controle, auxiliando os gestores a acompanharem o andamento das tarefas, cumprimento de prazos, gerenciamento de recursos e identificação de gargalos na execução do projeto. 

Diferente do Livro de Ordem, o diário de obras não possui uma exigência legal, mas compõe o conjunto de documentos necessários ao Livro.  

O Livro de Ordem, desde julho de 2017, tem seu preenchimento obrigatório em todas as obras e serviços executados por profissionais do sistema Crea/Confea. Essa é uma determinação do próprio Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea). 

A ausência do Livro de Ordem na sua construtora pode gerar problemas. De acordo com a Lei Federal 5.194, a falta de preenchimento deste memorial pode implicar em advertências e multas. Isso sem falar na quebra do código de ética profissional da área. 

O diário de obras é um dos registros que poderão servir como comprovante de que a construção está seguindo todas as normas e regulamentações aplicáveis.   

Facilitação da Comunicação:  

O diário de obras é uma forma eficiente de comunicação entre as diferentes equipes envolvidas no projeto. Informações importantes ficam centralizadas e disponíveis a todos os profissionais interessados. Uma vez que alinhamento é fundamental em projetos complexos como os da construção civil, essa ferramenta coloca “todo mundo na mesma página”. 

Transparência com os Clientes:

Ao manter um diário de obras atualizado, a empresa construtora demonstra transparência aos clientes e investidores, fornecendo informações detalhadas sobre o desenvolvimento do projeto. 

Caso você sinta a necessidade, reúna a sua equipe e converse sobre os argumentos que apresentei. Fale sobre a importância da implementação e da atualização adequada do diário de obras para o sucesso do empreendimento como um todo.  

Depois que todo mundo entender a importância, você pode falar mais sobre a parte prática, com o passo a passo que eu vou lhe ensinar a seguir! 

diário de obras: close nas mãos de uma pessoa segurando um tablet.

Como Preencher o Diário de Obras

O preenchimento adequado do diário de obras é essencial para que ele cumpra efetivamente suas funções. Isso significa que não adianta entender a importância, mas no dia a dia não ter disciplina na inserção das informações. Muitos itens do diário podem ser previstos na fase de produzir o checklist de obra.

Depois de explicar a todos a importância dessa ferramenta, garanta que toda a equipe saiba como preencher o diário de obras. Ainda que o encarregado seja a principal figura nesta função, todos devem contribuir. 

Vejamos as etapas importantes para garantir um registro completo e preciso: 

Dados Iniciais:

Iniciar cada registro com informações básicas, como a data, o nome da obra, o número da matrícula ou registro imobiliário, além do responsável pelo preenchimento do diário. 

Descrição Detalhada:

Registrar todas as atividades realizadas no dia, destacando o que foi feito, os materiais utilizados, os equipamentos empregados e a mão de obra envolvida. Se possível, adicionar fotografias para ilustrar o progresso das tarefas. 

Condições Climáticas:  

Incluir informações sobre as condições climáticas durante o dia, pois isso pode afetar o andamento das atividades e ser relevante para análises futuras. 

Ocorrências e Decisões:

Anotar todas as ocorrências relevantes, como problemas técnicos, alterações de projeto, visitas de fiscalização e decisões importantes tomadas durante o dia. 

Registro de Materiais:

Fazer um controle rigoroso dos materiais utilizados, incluindo quantidade, tipo e fornecedor. Esse controle é fundamental para a gestão de estoque e custos. 

Registro de Horas Trabalhadas:

Registrar o número de horas trabalhadas pela equipe em cada atividade. Esse dado é importante para o controle de jornada de trabalho e horas extras. 

Assinaturas e Aprovações: 

Deixar um espaço para assinaturas do responsável pelo canteiro e de eventuais fiscais ou gestores que tenham visitado a obra. Essas assinaturas atestam a veracidade das informações registradas. 

Atualização Diária:

O diário de obras deve ser atualizado diariamente, logo após o término das atividades do dia. Isso garante que todas as informações relevantes sejam registradas enquanto estão frescas na memória dos envolvidos 

Posso dar uma outra dica? Crie um manual interno para que sua equipe visualize este passo a passo todos os dias, e o preenchimento do diário de obras se torne parte da rotina de trabalho de todo mundo.  

Ainda que pareça um trabalho maçante, todos verão os frutos da constância no final.  

Mas atenção! Com o passar do tempo, este preenchimento por acabar ficando “mecânico”. Vou falar agora um pouco sobre a importância de continuar fornecendo informações relevantes ao diário de obras, mesmo que o trabalho caia na rotina.

Veja mais dicas neste vídeo! 

Importância da Organização e Detalhamento

Um diário de obras bem organizado e detalhado é um diferencial para o sucesso do projeto. Os tipos de informações que levantei no tópico anterior são básicas e fundamentais, mas o detalhamento das informações é justamente o que vai garantir a otimização e a economia de recursos. Vamos aos exemplos.  

Eventuais acidentes ou incidentes que ocorram no canteiro de obras devem ser registrados com precisão, incluindo as medidas adotadas para garantir a segurança dos trabalhadores e evitar reincidências. Assim, o registro de acidentes e as medidas de segurança que foram tomadas devem ser relatadas, relembrando a importância legal que este documento tem.  

 Outro aspecto fundamental é ser minucioso na rastreabilidade dos materiais que são utilizados na obra. Dessa forma, é de suma importância que qualquer pessoa que precise consiga rastrear a origem de todos os insumos, incluindo número de lote, data de entrega e certificados de qualidade, caso seja aplicável. 

Algo que, muitas vezes, não é levado em consideração na hora do preenchimento do diário de obra são as reuniões e tomadas de decisões. Caso ocorram, todas as informações levantadas devem ser registradas no documento, facilitando o controle e principalmente o aprendizado futuro. 

Percebeu como o diário de obras é um grande aliado do gestor e dos técnicos? Garanta que sua equipe não encare o preenchimento como algo desnecessário.  

É compreensível que, com a quantidade de tarefas no canteiro de obras, cada profissional acabe tendo dificuldades na inserção de informações no diário de obras. Então, pensando nisso, separei algumas dicas sobre apps de diário de obra e outras inovações que podem ajudar você e a sua equipe a automatizarem esse processo. Veja em seguida!  

Resumo de conteúdo: o que foi abordado até aqui?

O que é diário de obra? 

É uma ferramenta que compõe o Livro da Obra, e detalha o dia a dia do trabalho com detalhes técnicos e situacionais. Ajuda no controle, na otimização de recursos, e na prestação de contas. 

Como fazer diário de obra? 

Para garantir um registro completo e preciso da obra, anote o Dados Iniciais; faça a Descrição Detalhada; informe as Condições Climáticas; registre as Ocorrências e Decisões; faça o Registro de Materiais e das horas trabalhadas; e não esqueça de incluir as assinaturas e aprovações de forma diária. 

Quem preenche o diário de obra? 

Geralmente é um profissional da construção civil, como engenheiro civil, mestre de obras ou arquiteto, que possui conhecimento técnico e experiência para acompanhar e registrar todas as atividades realizadas no canteiro de obras. 

Diário de Obras Digital 

Com os avanços tecnológicos, o diário de obras pode ser mantido em formato digital, o que traz algumas vantagens em relação ao formato físico, sendo a principal a economia da recursos como tempo e dinheiro.  

As equipes ainda podem acessar o diário de obras simultaneamente, em tempo real, mesmo que estejam ausentes do canteiro de obras. Ou seja, caso alguém precise acessar rapidamente alguma informação, a filtragem de dados entrega o que for preciso facilmente. Imagine procurar uma especificação de material no meio de uma papelada.  

Além disso, a digitalização do diário de obras ainda permite, caso necessário, a integração do documento a outras ferramentas de gestão, como softwares de planejamento e controle de projetos. Assim, integrações otimizam a comunicação e o fluxo de informações, armazenando tudo em nuvem, e garantindo a segurança da informação.  

Vou agora lhe sugerir alguns aplicativos que podem lhe auxiliar neste trabalho. Lembrando que antes de escolher um aplicativo, é recomendado verificar cuidadosamente as opções de preços e comparar as funcionalidades oferecidas em cada plano.  

Se possível, teste a versão gratuita ou os períodos de avaliação dos aplicativos pagos para ter uma ideia melhor de como eles se adequam às suas necessidades específicas. Lembre-se de considerar o tamanho do projeto e a quantidade de pessoas que precisarão acessar e usar o aplicativo, pois isso pode afetar a escolha do plano mais adequado para sua situação. 

  • Aplicativos Gratuitos: 

Relatório Diário de Obras (RDO) 

Site Diary (algumas funcionalidades podem ter limitações na versão gratuita) 

  • Aplicativos Pagos: 

Procore (geralmente é um software corporativo, com planos pagos para empresas) 

BuilderTREND (oferece uma avaliação gratuita, mas geralmente é uma solução paga para empresas) 

PlanGrid (algumas funcionalidades podem exigir planos pagos) 

O uso de tecnologia, como o diário de obras digital, pode trazer ainda mais benefícios, tornando a gestão da construção mais eficiente, sustentável e transparente. Com todas essas vantagens, o diário de obras é uma ferramenta imprescindível para o sucesso de qualquer empreendimento na construção civil. Agora é com você! 

Gestor, ouça o podcast CV na Prática e saia na frente! 

No episódio #50 do podcast CV na Prática Guilherme Quandt explicou que a cadeia de negócios da construção civil precisa ir além na digitalização, e entender que a transformação digital é sobre conectar as pontas dos inúmeros processos.  

Se você quer ser realmente um agente de transformação digital no seu setor, ouça agora mesmo!  

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração