Essas coisas podem estar afetando sua performance no canteiro de obras

Canteiro de obras: mestre de obras frustrado põe as mãos na cabeça

Apesar de reconhecida em todo o mundo como um dos setores mais proativos do mercado, a construção civil não está imune a erros e problemas de execução. Verdade seja dita, ainda existem muitas pedras no sapato do setor, o que pode afetar sobremaneira a performance no canteiro de obras.  

Sabendo disso, separei para você os maiores problemas da construção civil nacional na atualidade. Mas não basta falar de problema: também preparei algumas soluções aplicáveis para você que está interessado em otimizar seu desempenho na hora de construir.  

Curtiu a ideia? Acompanhe a lista agora, no Blog do CV.  

 

Ausência de planejamento  

Canteiro de obras: engenheira olha confusa para planta de obra

Ter um bom planejamento de obra é tão importante quanto sua execução. No entanto, é necessário estar atento: por muitas vezes, um planejamento parece bom, mas é impraticável. E, claro, não conseguir cumprir com o que foi acordado pelo plano pode ser frustrante para o engenheiro, para o mestre de obras e, claro, para o consumidor 

Fazer um planejamento de obra adequado exige tempo. É preciso reunir todas as informações prévias à execução da obra, para que sejam previstos potenciais problemas. Para tanto, você deve:  

  • Analisar o local da obra, 
  • Levantar informações sobre o local, 
  • Criar o projeto arquitetônico, 
  • Produzir o desenho técnico, 
  • Revisar e aprovar o projeto, 
  • Legalizar a obra, 
  • Criar o orçamento, 
  • Executar e, por fim,   
  • Monitorar.

 

Dimensionamento incorreto de times 

A contratação é uma parcela muito importante da concepção de uma obra. Os colaboradores são os verdadeiros responsáveis por toda a estruturação física de um projeto imobiliário, por isso devem receber uma carga de trabalho condizente com sua capacidade produtiva.  

O que muito se percebe, no entanto, é o dimensionamento inadequado de times. Pode-se destinar pessoas a mais ou, mais comumente, a menos para determinada obra. Isso acaba se traduzindo em dois diferentes problemas: 

  • No caso da contratação de pessoas a mais: vazão de pagamentos e recursos, gastos desnecessários com mão de obra.  
  • No caso da contratação de pessoas a menos: sobrecarga dos colaboradores, prazos não cumpridos ou postergados por falta de mão de obra.  

Para solucionar qualquer um dos casos, fica a dica: monte cronogramas de previsão de horas trabalhadas. Além disso, você pode contratar mão de obra temporária para gerenciar furos e dispender mais dinheiro apenas quando e onde houver necessidade.  

 

Desorganização no canteiro de obras 

Trabalhador do canteiro de obras passa o braço na testa, exasperado

Organização no canteiro também reflete a organização do projeto. É essencial que todos os materiais requeridos para o dia de trabalho sejam dispostos no local da obra, bem como equipamentos e outros itens de necessidade para o trabalhador.  

Por vezes, uma das coisas que mais atrasa a execução do projeto é não encontrar determinada ferramenta, o que leva o colaborador a dispender muita energia naquilo que nem é sua tarefa principal.  

 

Regulamentação de trabalhadores 

Problemas trabalhistas iniciados após uma contratação não regulamentada são uma dor de cabeça para qualquer empresa. Mas isso nem se compara aos malefícios que a prática traz para o colaborador, que não encontra suporte do contratante para realizar seu trabalho. 

Não bastassem os perrengues, ações trabalhistas também pesam bastante no bolso da empresa, podendo significar um custo adicional tremendo.  

Sabendo disso, é importante manter todos os seus funcionários sob a tutela da carteira de trabalho. E isso não é tudo: também é necessário eliminar quaisquer pendências com seu contratado, realizando pagamentos em dia e garantindo cumprimento de todos os benefícios acordados. 

 

Desperdício de materiais 

Desperdício de materiais em canteiro de obra

Antes de falar sobre desperdício, tenho um fato para te apresentar. Segundo dados da Escola Politécnica da USP divulgados pelo Mobuss Construção, as perdas de materiais na construção civil chegam a 8% e as perdas financeiras podem atingir o índice dos 30%. 

Ou seja: a situação é grave. Uma perda física de 8% significa dizer que, a cada 13 unidades construídas, mais de uma é perdida em desperdício de materiais. E olhe que as perdas não acabam aí. Além de materiais e dinheiro, também podem ser perdidos equipamentos e mão de obra.  

A boa notícia é que não faltam meios para diminuir o desperdício de materiais. Desde o próprio planejamento, sobre o qual falei mais acima, até o uso de tecnologias: toda forma de otimizar resultados é bem-vinda quando o assunto é evitar perdas.  

Outras respostas para o problema incluem:  

  • Supervisão de obra 
  • Definição aprofundada do layout da obra 
  • Treinamento de equipe 

E, por falar em treinamento de equipe, devo tocar em mais um problema comum nos maiores canteiros de obra: a pouca (ou nenhuma) qualificação da mão de obra.  

 

Pouca qualificação de mão de obra 

Todo time que se preze tem suas divergências, isso é completamente normal. O que não é normal, todavia, é que as pessoas estejam desalinhadas a ponto de comprometer o andamento do projeto.  

Ainda assim, é exatamente isso que acontece quando nos deparamos com uma equipe pouco qualificada. Lentidão na conclusão da obra, altos índices de retrabalho e, pior ainda, aumento nos casos de acidente no trabalho: todas essas podem ser consequências da má capacitação do seu time.  

Não precisa entrar em pânico. Existem investimentos ótimos para solucionar esse problema, mas todos eles devem priorizar a mesma coisa: a evolução do seu colaborador.  

Uma solução altamente eficaz é aquela que está bem na sua frente: ofereça cursos de capacitação para suas equipes, desde os planejadores até os executores. Através de bons cursos, seu funcionário tem as armas para ir além e se tornar mais produtivo. Além disso, comunique-se com seu time para garantir uma execução mais assertiva e planejada.  

 

Não seguir práticas sustentáveis 

Pessoas observam placa de reciclar

A sustentabilidade está na boca do povo, mas não porque é moda: estamos cada vez mais conscientes dos impactos que temos sobre o meio ambiente e, por isso, buscamos diminuir nosso peso sobre o planeta no qual vivemos.  

Práticas sustentáveis são necessárias para uma evolução ambientalmente responsável na nossa qualidade de vida. Por isso, muitos consumidores hoje em dia optam por saber sobre a procedência de determinado imóvel, bem como os princípios usados em sua produção. 

Nesse sentido, já existe uma série de materiais sustentáveis que substituem parcial ou totalmente o uso de matéria-prima tradicional na construção civil. Se quiser conhecer a fundo cada um deles, acesse nosso artigo! 

 

Tradicionalismo de processos 

Uma coisa não podemos negar: a construção civil sempre teve um pezinho no tradicionalismo. Não é como se o setor se recusasse a crescer, muito pelo contrário. O que acontece é que, por estarem tão confortáveis com os processos tradicionais, algumas empresas não veem tanta necessidade de se modernizar.  

Contudo, modernização não é apenas importante, é imprescindível. Hoje, já existem milhares de ferramentas eficientes para suprir a necessidade por digitalização. São muitas as opções, que otimizam desde o repasse de pagamentos até a visualização e configuração da própria obra.  

  • ERP: o ERP gerencia os recursos internos de uma empresa, sobretudo financeiros. Através dele é mais fácil compreender prazos de pagamento dos funcionários, estoque de materiais para o canteiro de obras e muito mais.  
  • BIM: a tecnologia BIM é uma plataforma de modelagem digital que te permite visualizar em três dimensões os aspectos físicos e estruturais de uma obra em andamento ou por fazer. E isso não é tudo: você também pode prever erros e armazenar dados sobre a obra em segurança por meio do BIM. 

 

Estouros de orçamento 

Estouros de orçamento são mais comuns do que conseguimos imaginar na realização de obras. Dados de pesquisa realizada pela Deloitte em parceria com SindusCon e Secovi registram desvio de quase 22% entre receitas atuais e previstas na construção civil. 

Não é segredo algum que o orçamento é a porção mais sensível de uma obra. É por meio dele que se tem a fonte de renda necessária para a execução de um planejamento de obra. Sendo assim, não é indicado que se faça um orçamento pouco realista ou tendencioso 

Para evitar erros, não tem outra saída: é importante apostar numa plataforma que reconheça as necessidades da sua empresa e consiga criar uma gestão financeira adequada, eficiente e moderna. O ERP, amigo, pode ser o parceiro perfeito neste momento. 

 

Todo mundo tem problema, mas só um líder pensa nas melhores soluções 

Canteiro de obras: vários bloquinhos se alinham lado a lado, com destaque no bloquinho à esquerda

Verdade seja dita: de problema o mundo está cheio. Assim como em qualquer setor, a construção civil por vezes encontra empecilhos que tentam travar seu desenvolvimento. Mas, gestor, pode acreditar, você está encarregado da sua própria vitória. Por isso, arregace as mangas, pense em novas soluções com o CV e parta para o abraço.  

Espero por você em breve! 

 

Você já conhece o CV?  

Este conteúdo gratuito é oferecido para você pelo CV CRM – Construtor de Vendas, o único CRM 5.0 do mercado imobiliário da venda ao pós-venda. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV CRM te permite ter um panorama total da sua gestão comercial na tela do computador.   

Da prospecção de leads à prestação de assistência, você garante otimização e agilidade em todos os seus processos internos. Acesse o site do CV e saiba mais!    

Para conhecer mais sobre mercado imobiliário, gestão de vendas, corretagem de imóveis e outros assuntos atuais, acompanhe o blog e nos siga no Instagram 

Está achando que acabou? Não mesmo! Acompanhe outros posts aqui no Blog do CV! 

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração