Sustentabilidade no mercado imobiliário: descubra mais!

Nós, consumidores, buscamos sempre estar à frente das novidades e atentos às novas tendências. Por isso, os setores de venda optam por fazer o mesmo e aprender a trabalhar com a inovação em mente. Uma dessas inovações é a sustentabilidade no mercado imobiliário.

Quando falamos em sustentabilidade, estamos nos referindo a um termo amplamente utilizado na mídia. Em praticamente todo espaço da economia a sustentabilidade consegue se encaixar: seja na moda, na culinária, na tecnologia ou até mesmo na construção.

Pois é, o mercado imobiliário pode sim se apropriar dos princípios da sustentabilidade, promovendo qualidade de vida e diminuindo os impactos ambientais do setor. Incrível, não é verdade?

É exatamente sobre esse assunto que falaremos no artigo de hoje! Está pronto? Então acompanhe com a gente aqui no Blog do CV.

O que é a sustentabilidade?

A sustentabilidade diz respeito à prática de ações no presente levando em consideração os impactos ambientais para o futuro. Ou seja, em síntese, ser sustentável é agir da melhor forma possível para que o planeta não sofra as consequências do nosso consumo.

“Desenvolvimento Sustentável” é o termo mais comumente associado à sustentabilidade, e foi utilizado pela primeira vez em 1987 pela diplomata e ex-ministra norueguesa Gro Harlem Brundtland. Para a pensadora, o desenvolvimento sustentável seria a capacidade de suprirmos nossas necessidades sem prejudicar as gerações seguintes.

Para a construção civil, a sustentabilidade se traduz de forma parecida. Dentro do setor, é possível notarmos uma onda de novas práticas que avaliam melhor os impactos ambientais e priorizam um consumo com mais responsabilidade ambiental.

O papel do consumidor na sustentabilidade

Diferente do que algumas empresas defendem, a sustentabilidade no mercado imobiliário não é uma simples moda sem fundamentos. Ela parte de uma premissa muito simples e relevante: a sociedade, hoje, aponta para as necessidades de um consumo consciente. 

Isso mesmo, o consumidor tem um papel muito importante nessa nova tendência. É ele, afinal, que tem se tornado cada vez mais consciente sobre os impactos da sua presença no ecossistema, conforme aponta a WWF Brasil.

Eventualmente, as empresas precisam seguir por esse caminho e buscar se reconectar com um cliente muito mais responsável, conhecedor e antenado. Dessa forma, a sustentabilidade pode se mostrar o melhor caminho para reforçar os laços com aquele que importa e se tornar uma empresa parceira do meio ambiente. 

As diferentes formas de ser sustentável na construção civil

Praticar os princípios da sustentabilidade no mercado imobiliário pode não ser fácil, mas também não precisa ser uma dor de cabeça. Com estudo, esforço e dedicação você pode colocar em prática cada uma das dicas a seguir, buscando amenizar seus impactos ambientais e criar um novo elo com seu público, o consumidor 4.0.

Quer descobrir as diferentes formas de aplicar a sustentabilidade nos processos internos do universo imobiliário? Pois bem, é sobre isso que conversaremos agora.

Conscientização ambiental de colaboradores

Se estamos falando sobre desenvolvimento sustentável e construção civil, primeiramente precisamos entender o que está na base desse edifício: a conscientização ambiental de colaboradores, gestores e outros componentes da estrutura de uma incorporadora.

Mas por quê? A resposta não poderia ser mais simples.

Sem que exista o preparo daqueles que estão na linha de frente do mercado, é impossível praticar a sustentabilidade dentro do setor. São precisamente essas pessoas que tomarão decisões e criarão soluções para aplicar as estratégias de sustentabilidade dentro da organização. Portanto, devem estar devidamente preparados e capacitados no assunto.

Por isso, é importante que engenheiros, arquitetos, gestores e colaboradores sejam constantemente capacitados nas novas tendências de sustentabilidade. Assim, eles trabalharão em prol da sua construtora, incorporadora ou loteadora, procurando sempre as saídas mais inovadoras para seus empreendimentos.

Reciclagem e reutilização de materiais

As diferentes práticas de reutilização reciclagem de materiais vêm, gradativamente, alterando as relações entre construção e sustentabilidade. E esta tendência, mais que nunca, pode apresentar impactos surreais dentro do mercado imobiliário.

Conforme o mercado e o público vão se modificando, o setor da construção segue as tendências e reinventam formas de construir. Uma dessas grandes inovações é a reciclagem dos materiais.

Na criação dos edifícios verdes, sobre os quais falaremos a seguir, é realizado o processo de recolhimento de sobras de matéria-prima. Esses resíduos, então, são encaminhados para locais de triagem ou aterros, onde serão utilizados com outros propósitos.

Além de diminuir sobremaneira o desperdício de matérias-primas valiosas, as atividades de reciclagem e reutilização de materiais cortam gastos e geram muitos lucros para construtoras que apostam na estratégia.

Green buildings

Também conhecidos como edifícios verdes, os green buildings são uma novidade que é produto direto da sustentabilidade na construção civil.

Esses imóveis nascem também a partir das novas necessidades do público, aceleradas nos últimos anos. As pessoas, hoje, buscam por muito mais conforto e lazer dentro de casa: nós não queremos mais sair para tomar um ar fresco. Queremos esses resultados sem sair do conforto da nossa residência.

Portanto, os green buildings são estruturas que:

  • Priorizam iluminação e ventilação naturais, cortando gastos com energia elétrica;
  • Apostam em decorações sustentáveis e opções com pouco ou nenhum plástico;
  • Economizam recursos em água e luz através de medidas estruturais;
  • Possuem coleta seletiva frequente e encorajam a separação de materiais.

Isso e muito mais pode ser visto num green building. Outras coisas como uso de energias renováveis, uso de matérias-primas éticas e designs adaptativos são também características de um empreendimento do tipo, que vem sendo cada dia mais requisitado.

Diminuição do uso de papel

Chegamos, agora, num dos grandes impeditivos de sustentabilidade no mercado imobiliário: o uso de papel. Afinal, como uma coisa pequena e leve como o papel pode influenciar nossos processos internos, não é mesmo?

Apesar de parecer inofensiva, a folha de papel é por vezes uma grande vilã na prática de sustentabilidade. Isso acontece porque, para o mercado imobiliário, não estamos falando de uma ou duas folhas de papel por dia. Estamos nos referindo a dezenas de contratos, com muitas e muitas páginas.

Em verdade, o uso de papel já é um tanto quanto antiquado dentro do setor. E você sabe por quê?

As folhas impressas dão margem a diversos problemas. Em caso de erros de digitação, por exemplo, necessitamos reimprimir tudo. Não bastasse isso, elas também provocam muita perda extravio de informações importantes, que se confundem entre um e outro funcionário.

Mas esse problema tem uma solução bastante simples. Hoje, através de plataformas de gestão comercial como o CRM, é possível armazenar todo o fluxo de documentos da sua empresa na nuvem e garantir um acesso prático e rápido a cada material necessário.

Além disso, grandes CRMs do país contam com soluções em Assinatura Eletrônica. Assim, você não precisa de papelada nem para assinar seus documentos. Qualquer contrato pode ser rubricado através de celulares, tablets e computadores.

Virtualização do processo comercial

Por último, mas não menos importante, falamos sobre a virtualização do processo comercial. Você certamente já se deparou com esse termo, não é verdade? Mas o que será que ele significa, afinal?

Bem, a virtualização do processo comercial é uma tendência que em muito se conecta à sustentabilidade. Através dela, toda a jornada comercial começa a criar raízes digitais e, algumas vezes, conseguimos completar todo o processo de compra pela internet! Isso é o que chamamos de vendas 100% digitais.

No mercado imobiliário, a virtualização já acontece em peso. Hoje, temos tours virtuais, reuniões via Google Meet e até mesmo assinaturas de contrato à distância, como dissemos anteriormente. Ou seja, as parcelas mais importantes da venda estão acontecendo no ambiente digital, e a previsão é de que esse processo ganhe ainda mais relevância.

A virtualização da venda impacta na sustentabilidade pelos seguintes motivos: primeiramente, ela diminui ou até mesmo acaba de vez com grandes deslocamentos, geralmente realizados de carro. Além disso, diminui gastos de energia das apresentações presenciais de imóvel e acabam reduzindo a papelada envolvida na transação.

Sustentabilidade é a moda que veio para ficar

Não adianta tentar fugir, a sustentabilidade no mercado imobiliário chegou para ficar. E, como muitas tendências do setor, ela é mais que bem-vinda. Nós, afinal de contas, estamos começando a aprender sobre as necessidades de cuidar do nosso planeta, e o desenvolvimento sustentável é um lembrete constante de tudo que ainda deve ser feito.

Daqui para frente, que tal tentar criar novas políticas de sustentabilidade dentro da sua incorporadora? Você pode começar com passos pequenos como desligar aparelhos da tomada após o expediente e gradualmente transformar sua empresa numa organização mais consciente.

E aí, curtiu o conteúdo de hoje? Não deixe de compartilhar com seus amigos, gestores e colaboradores!

Você já conhece o CV?

Este conteúdo é oferecido para você pelo Construtor de Vendas, o CRM mais completo do mercado imobiliário. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV te permite ter um panorama total da sua empresa na tela do computador.

Além disso, contamos com um Portal do Cliente whitelabel e cem por cento amigável para que sua empresa não tenha medo de mostrar a cara no mercado!

Da prospecção de leads ao pós-venda, você garante otimização agilidade na gestão de vendas de sua equipe. Quer conhecer mais? Acesse o site do CV!

Para saber sobre o mercado imobiliário, gestão de vendas e outros assuntos atuais, acompanhe o blog e nos siga no Instagram.

Está achando que acabou? Não mesmo! Acompanhe outros posts aqui no Blog do CV!

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração