Indústria 4.0 e o impacto no mercado imobiliário 

Não é surpresa que as tendências da tecnologia de gerenciamento de instalações estejam aproveitando a ascensão global da Internet das Coisas (IoT) na quarta revolução industrial (Indústria 4.0). O mercado imobiliário comercial e industrial experimentou um crescimento significativo e exponencial em tecnologia avançada voltada para a gestão de propriedades em todo o mundo. 

94% dos investidores acreditam que a pandemia global de Covid-19 facilitou e estimulou o investimento em proptech (startups do mercado imobiliário que utilizam tecnologias, como o CV CRM, por exemplo) no ano de 2022, em vez de desacelerar o setor. 

Quais tendências de proptech você deve observar? Quais são os benefícios que você pode colher dessas tendências de proptech para ficar à frente da concorrência? 

Antes de entrar nesse assunto, precisamos entender, porém, a importância da Indústria 4.0 no desenvolvimento mundial. Vamos lá? 

O que a Indústria 4.0 significará para os países em desenvolvimento? 

indústria 4.0: ilustração dos números 4 e 0 em 3D numa esteira de produção.

Assim como a rápida mudança tecnológica pode acelerar o progresso, também corre o risco de deixar muitas pessoas para trás. Qual seria o efeito da Indústria 4.0? Facilitaria ou dificultaria a industrialização dos países em desenvolvimento? Reduziria ou aumentaria as desigualdades? 

Historicamente, cada onda de progresso tecnológico desde a Revolução Industrial tem sido associada a desigualdades mais acentuadas entre os países. Por exemplo, antes de 1800, havia pouca disparidade de renda entre eles; hoje, a diferença média na renda per capita entre países desenvolvidos e em desenvolvimento é superior a US$ 40.000.  

O que é a Indústria 4.0? 

A Indústria 4.0 refere-se aos sistemas de produção “inteligentes” e conectados que são projetados para detectar, prever e interagir com o mundo físico, de modo a tomar decisões que suportam a produção em tempo real. Na fabricação, pode aumentar a produtividade, a eficiência energética e a sustentabilidade. Aumenta a produtividade reduzindo o tempo de inatividade e os custos de manutenção. 

As estimativas sugerem um aumento na disponibilidade da linha de produção de 5 a 15%. Também pode oferecer oportunidades de economia de energia e sustentabilidade por meio da otimização. 

Por exemplo, em um estudo de caso de uma multinacional do setor de plásticos nos Estados Unidos sobre a Indústria 4.0, o uso de sensores de energia reduziu o consumo de energia em uma de suas plantas em cerca de 40%, o que economizou mais de US$ 200.000 por ano em energia. No entanto, apenas alguns países desenvolvem e comercializam tecnologias da Indústria 4.0. 

Os EUA e a China lideram em publicações e patentes. Eles também têm as maiores plataformas digitais, metade dos data centers de hiper escala do mundo, as maiores taxas de adoção de 5G, 94% de todo o financiamento de startups de Inteligência Artificial (IA) nos últimos cinco anos e 70% dos principais pesquisadores de IA do mundo. 

A capacidade de fabricação e pesquisa e desenvolvimento de alta tecnologia é outro elemento crítico para a Indústria 4.0, que também aumenta as oportunidades para empresas em países desenvolvidos obterem uma vantagem de liderança. Por exemplo, as empresas europeias fizeram muitos investimentos em Internet das Coisas (IoT). Juntamente com a China e os EUA, eles respondem por cerca de três quartos de todos os gastos com IoT. 

Como a quarta revolução industrial impactaria as desigualdades? 

A mudança tecnológica afeta a desigualdade por meio de empregos, salários e lucros. No caso da Indústria 4.0, as novas tecnologias aumentam principalmente a produtividade. 

À medida que as empresas se tornam mais produtivas, também se tornam mais competitivas e mais propensas a contratar trabalhadores mais qualificados em empregos melhores. Ou seja, os países em que as empresas adotam a Indústria 4.0 podem esperar um aumento maior na produtividade, competitividade e salários. 

Ao mesmo tempo, a Indústria 4.0 também traz alguns desafios específicos. Por exemplo, alguns estudos preveem uma parte dos empregos perdidos na economia devido à IA e à automação. De qualquer forma, sabemos que nem todas as tarefas são automatizadas e, mais importante, novos produtos, tarefas e profissões são criados em toda a economia. 

A Indústria 4.0 na manufatura pode trazer enormes ganhos de produtividade, mas a maioria das empresas nos países em desenvolvimento precisa de mais incentivo e investimentos para usar a Indústria 4.0. 

Tendências para 2023 no mercado imobiliário para ficar de olho no âmbito da Indústria 4.0 

indústria 4.0: imagem das mãos de uma pessoa usando terno interagindo com um holograma com alguns elementos que representam tecnologia e construção civil.

Agora que já explicamos como a quarta revolução industrial pode contribuir para o desenvolvimento em todos os países, vamos nos concentrar na importância da Indústria 4.0 para o mercado imobiliário.  

Como já mencionamos anteriormente aqui no nosso blog sobre mercado imobiliário, o Blog do CV, o uso de inovações tecnológicas tornou-se um pilar no campo imobiliário, agilizando as operações e levando a indústria geral a outro nível. No entanto, você não quer que sua marca seja agrupada com todas as outras. 

Estas são as principais tendências para 2023 no mercado imobiliário para impulsionar seus negócios: 

  • ascensão da Inteligência Artificial nos processos de negócios,  
  • gestão de relacionamento com o cliente mais completa, 
  • penetração contínua na indústria da Internet das Coisas e automação, 
  • mais recursos de mobilidade em ferramentas proptech, 
  • desenvolvimento de ferramentas de visualização de edifícios mais intuitivas e interativas e etc. 

Avaliação de imóveis mais representativa 

O desenvolvimento de aplicativos no espaço proptech facilita a conquista de clientes e inquilinos em potencial. Esse cenário decorre da capacidade do cliente em potencial de acessar informações vitais sobre sua propriedade sem ter que se envolver em várias visitas ao site. 

Por exemplo, algumas ferramentas móveis fornecem informações sobre as especificações e comodidades do edifício, enquanto outras fornecem informações detalhadas sobre a composição social do local. 

Imagem do lançamento imobiliário na prática

Facilitar o acesso a essas informações cruciais permite que os clientes tomem decisões de negócios informadas, porque eles literalmente têm todos os fatos relevantes na palma de suas mãos. 

Gestão de relacionamento com o cliente mais completa 

O software de CRM, ou software para gestão de relacionamento com o cliente, foi projetado para permitir que você gerencie perfeitamente seus negócios imobiliários a partir de uma plataforma, esteja você no escritório ou em trânsito.  

Os módulos de um CRM oferecem vários recursos. No entanto, em geral, você pode esperar que o sistema o ajude a gerenciar leads imobiliários, rastrear campanhas de geração de leads, gerenciar contatos, fazer upload de documentos e contratos, gerenciar seu calendário e ficar por dentro das tendências imobiliárias, fornecendo acesso contínuo a vários sites de leads imobiliários. 

Os sistemas de software de CRM ajudam os agentes imobiliários a gerenciar seus negócios de forma eficiente e produtiva com o mínimo de tempo perdido, melhorando a personalização de suas comunicações. 

Para saber mais sobre a nova geração de CRMs imobiliários e conhecer o CV CRM, único CRM 5.0 do mercado, leia o nosso artigo: 

Aproveitando o poder da IoT e da IA 

A fim de extrair quaisquer insights lucrativos dos dados coletados, você precisará empregar ferramentas poderosas de análise para entender o amontoado de dados diversos. 

A IoT e a tecnologia de ponta permitem que você colete e processe dados em tempo real, fornecendo informações valiosas para basear decisões críticas em suas operações imobiliárias. Além disso, aproveitar a análise de dados dos sensores da Internet das Coisas permite que você saiba mais sobre seu empreendimento, incluindo padrões de uso e fluxo de tráfego humano. 

Já no caso da construção civil, abaixo está uma lista de algumas maneiras práticas pelas quais essa tecnologia está entrando nos canteiros de obras. 

Monitoramento do local: Os gerentes de construção obtêm informações e insights em tempo real sobre trabalhadores e máquinas. 
Controle de máquinas: os sensores IoT guiam as máquinas com maior precisão sem a necessidade de envolvimento humano. 
Segurança no canteiro de obras: as medidas de segurança são aprimoradas com uma combinação de IA e IoT, o que ajuda a garantir a segurança dos trabalhadores. 
Gerenciamento de frota: a IoT pode ser usada para otimizar o gerenciamento de frota, como rotas de trânsito e manutenção de veículos. 
Gerenciamento de projetos: os dispositivos IoT podem ajudar a reduzir custos reduzindo o monitoramento do site, o que também ajuda a otimizar os orçamentos. 
Dispositivos para trabalhadores da construção civil: dispositivos diferentes podem avisar quando os trabalhadores estão perto de uma zona perigosa. Ele pode oferecer instruções em tempo real sobre como concluir tarefas com segurança e eficiência e pode ajudar a determinar a localização em tempo real de um trabalhador ferido. 

Modelagem de edifícios 3D interdisciplinar 

Modelos de construção tridimensionais fornecem planos representativos para sua propriedade. O crescimento em proptech torna mais fácil para as partes envolvidas na construção estarem na mesma página. 

A equipe de ar condicionado, elétrica e de água, por exemplo, pode visualizar o mesmo modelo que os engenheiros de construção e fazer planos coesos para instalar seus respectivos ativos sem problemas. 

O crescimento do BIM gerou ferramentas avançadas para garantir que a colaboração entre diferentes partes flua sem problemas, garantindo que o proprietário do imóvel permaneça no caminho certo na obra da propriedade. 

Tours de propriedades virtuais 

mulher sorrindo usando um óculos de realidade virtual.

O mercado mais jovem, que é predominantemente Millennials e Gen Zers, está mais confortável comprando imóveis online. Zillow coloca esse número em torno de 39% e 36%, respectivamente. Esses dados demográficos serão seu principal mercado-alvo no futuro e, portanto, atender à experiência de compra de imóveis on-line deve colocar sua empresa em um bom lugar. 

As visitas virtuais às propriedades são eficazes para colocar o imóvel da sua incorporadora em uma boa luz para atrair compradores. 

A mesma pesquisa da Zillow descobriu que 79% dos compradores estavam confiantes e mais propensos a comprar depois de fazer um tour 3D pela propriedade ou visualizar uma planta baixa digital. 

Você pode aproveitar essa tendência para criar o desenho com mais interesse, incorporando realidade virtual e aumentada em seu tour virtual 3D. Isso permite que os clientes em potencial se imaginem no espaço. 

Quer saber mais sobre como vender imóveis no digital? Assista o episódio #18 do podcast CV na Prática, edição especial Construsummit no Youtube.  

Análise do mercado local 

Para alcançar o sucesso no setor de investimentos imobiliários, os empreendimentos dependem muito da aquisição ou construção de propriedades em áreas de seu mercado-alvo. No entanto, pode ser bastante desafiador acompanhar vários mercados regionais relevantes. 

Os aplicativos e ferramentas digitais habilitados pela Inteligência Artificial classificam os dados enquanto analisam profundamente e fornecem informações valiosas sobre o estado do mercado local. 

Isso permite que você tome decisões informadas sobre sua estratégia de investimento imobiliário nesse mercado específico. Por exemplo, a análise pode mostrar que um novo mercado está pronto para investimentos intensivos, permitindo que você compre na baixa e venda na alta. 

Em poucas palavras, a Indústria 4.0… 

A tecnologia atingiu um patamar considerável no espaço comercial e imobiliário em 2022. Várias tendências de proptech e da indústria 4.0 para o mercado imobiliário revitalizaram diferentes aspectos da indústria, mantendo-a durante a pandemia global.  

O setor abraçou a Internet das Coisas e a automação e adotou a mobilidade em uma escala mais ampla. Além disso, o big data se tornou central para vários processos-chave, arrastando o uso da IA ​​para análises complexas. 

Se você gostou desse conteúdo, convido você a ler também: 

Perguntas Frequentes sobre a Indústria 4.0 

O que é Indústria 4.0? 

A Indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, refere-se aos sistemas de produção “inteligentes” e conectados que são projetados para detectar, prever e interagir com o mundo físico, de modo a tomar decisões que suportam a produção em tempo real. 

O que é proptech? 

Proptech, ou tecnologia de propriedade, são todas as ferramentas tecnológicas que os especialistas em imóveis usam para otimizar a maneira como as pessoas compram, vendem, pesquisam, comercializam e gerenciam uma propriedade.  

Você já conhece o CV?    

Este conteúdo gratuito é oferecido para você pelo CV CRM, o único CRM 5.0 do mercado imobiliário da venda ao pós-venda. Com uma década de experiência, mais de 500 incorporadoras clientes e 100 mil corretores de imóveis associados, o CV é líder de mercado e te entrega um panorama total da sua gestão comercial na tela do computador.     

Da prospecção de leads à prestação de assistência técnica, você garante otimização e agilidade em todos os seus processos internos, da pré à pós-venda. Acesse o site do CV e saiba mais!      

Para conhecer mais sobre mercado imobiliário, corretagem de imóveis e outros assuntos atuais, então acompanhe o Blog do CV e nos siga no Instagram

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração