E-mail Marketing: 5 dicas para fazer dele uma arma poderosa

E-mail Marketing: homem olha para o celular sorrindo

Competitividade é palavra-chave dentro da corretagem de imóveis, isso você com certeza já sabe. O que você talvez ainda não saiba é que existem ferramentas muito poderosas para se destacar dentro desse mercado cuja concorrência não para de crescer.

Em meio ao fluxo cada vez maior de informações, novidades e tendências, os profissionais da corretagem se veem obrigados a aprender sempre mais e especializar diferentes técnicas, na busca por maior autoridade e reconhecimento no mercado. E esse é o primeiro passo para o sucesso, de fato. Afinal de contas, o Corretor 2.0 é aquele que segue as tendências e inova na profissão.

Diversas são as opções de ferramentas para se diferenciar, muitas das quais já tratamos aqui no nosso blog. Mas, hoje, veremos uma técnica bastante especial e, sobretudo, eficaz. Estamos falando do E-mail Marketing para Corretores. 

Vamos aprender mais sobre a boa utilização do E-mail Marketing como uma arma poderosa na venda de imóveis? Vem com o CV!

O que é E-mail Marketing?

E-mail Marketing: mulher sorridente usa laptop

E-mail Marketing é uma estratégia de Marketing de Conteúdo que conta com o disparo de e-mails de determinada empresa ou marca para seus clientes, leads e contatos.

Muito mais que apenas enviar propagandas para o e-mail de pessoas aleatórias, o E-mail Marketing conta com a criação de conteúdos de valor personalizados, sejam de topo, meio ou fundo de funil, para atrair a atenção do leitor e engajá-lo na comunicação. Por isso, todos os esforços da estratégia devem ser muito bem ponderados antes de sua execução.

De nada adianta comprar listas de e-mail e disparar informações aleatórias sobre seu produto ou serviço, porque isso pode sujar o nome do seu e-mail e transformar todas as suas tentativas de contato em spams (“Sending and Posting Advertisement in Mass”, ou “publicidade massiva”), e isso fará com que seus e-mails vão diretamente para a lixeira eletrônica das pessoas.

Ou seja, a estratégia de E-mail Marketing é uma que requer muitos cuidados na hora de ser posta em prática, porque maus costumes podem trazer consequências drásticas para você.

Cada conteúdo deve ser pensado e construído de modo a agregar valor na jornada de compra do seu lead. Além disso, os esforços em E-mail Marketing devem estar alinhados a sua criação de conteúdo nas redes sociais ou outras estratégias de Marketing de Conteúdo. Isso acontece porque estar dentro de mais de uma mídia confere autoridade e confiabilidade ao seu serviço de corretor.

A importância da técnica 

O E-mail Marketing pode passar despercebido por alguns profissionais do setor, o que é uma triste perda. Sabe por quê?

A técnica é de extrema importância para qualquer setor, mas especialmente aquele que lida diretamente com o público. Por ser uma estratégia que promove um canal de comunicação direta e individual com cada pessoa, o E-mail Marketing, quando bem utilizado, acerta diretamente na necessidade do novo consumidor: a de se sentir importante para a marca.

Além disso, o E-mail Marketing permite disparos diretos para uma grande quantidade de pessoas, poupando tempo e recursos e conseguindo atingir um número alto de pessoas. Novamente, é importante frisar que esses benefícios são enxergados apenas quando a estratégia é bem utilizada.

O uso de E-mail Marketing pode também ser muito importante durante a etapa da Jornada de Vendas chamada Follow Up. Através dele, você pode acompanhar o andamento do seu cliente antes, durante e após o processo de compra, mostrando-se disponível para ajudá-lo no que for preciso. E o e-mail pode ser o veículo ideal para entrar em contato, mas manter o profissionalismo.

Como construir sua lista de e-mails 

O passo que precede o E-mail Marketing é a captação de e-mails, ou seja, a criação de uma lista de e-mails. É necessário que você entenda, antes de tudo, o seguinte: os e-mails que compõem sua lista devem ser dados de livre e espontânea vontade pelo lead/cliente. De outra forma, a comunicação se torna invasiva e você pode virar spam e acabar perdendo clientes.

Ou seja, você, corretor, deve criar maneiras de conseguir os e-mails dos seus compradores e das pessoas interessadas em fechar negócios com você, de modo que elas permitam que seu contato via e-mail seja feito.

Para isso, existem alguns métodos comuns de se conseguir e-mails para sua lista. Você pode:

  • Solicitar o e-mail via ligação/ WhatsApp ou contato direto (presencialmente);
  • Criar conteúdos online que necessitem do e-mail para ser acessados, como ebooks e webinars;
  • Solicitar o e-mail daqueles que mostraram interesse logo nos primeiros contatos;
  • Pedir e-mails de pessoas interessadas através do seu blog, site ou página do Instagram.

Aprenda a vender mais com o E-mail Marketing

E-mail Marketing: corretor e cliente apertam mãos, sorridentes

Agora que você já conhece a estratégia e sabe quais são seus principais benefícios, é chegada a hora de descobrir como utilizar o E-mail Marketing dentro da sua corretagem de imóveis. 

Com ele, você pode aumentar suas vendas e fidelizar seus clientes, transformando-os em divulgadores da sua marca. Isso é essencial para crescer dentro da profissão, uma vez que temos chances muito maiores de apostar num profissional que foi indicado por alguém de confiança. Além disso, seus clientes fidelizados podem voltar a fazer negócios com você a qualquer momento.

Então preste atenção e tome nota para poder aplicar a estratégia com assertividade:

Preocupe-se com o conteúdo 

Fazer E-mail Marketing não é simplesmente fazer propaganda por e-mail. Você precisa apostar em conteúdos de qualidade, que sejam do interesse do público, para apenas então (pontualmente) mencionar sua marca.

Por isso, faça um levantamento com os principais conteúdos que seu público gostaria de consumir e crie uma espécie de Newsletter, enviando com certa frequência novos conteúdos interessantes e informações importantes para leads e clientes. Não deixe de, com moderação, falar sobre seu negócio e sobre seus cases de sucesso. Afinal, você está tentando construir seu nome.

Se você já utiliza a criação de conteúdo de valor no Instagram, Facebook, Blog ou outra plataforma, melhor ainda! Você pode reaproveitar conteúdos antigos, reformulando cada um deles para melhor se comunicar via e-mail. Caso contrário, existem inúmeras temáticas sobre as quais você pode tratar. Alguns exemplos da corretagem são:

  • 5 tendências na compra de imóveis em 2021;
  • Como a pandemia afetará a compra da minha primeira casa?
  • Cliente consciente: o que você precisa saber antes de comprar a casa nova?
  • A assinatura eletrônica é segura na compra de imóveis?
  • Cases de sucesso: o que meus antigos clientes têm a dizer?
  • 3 maiores dúvidas na hora de comprar a casa própria;
  • Olá, [nome da pessoa]! Está pensando em mudar de apê?

Note que seus e-mails podem ser mais genéricos, com dicas e informações relevantes do setor, como também podem ser mais personalizados, com o nome da pessoa específica para quem você está mandando a mensagem. Tudo isso depende do momento do Funil de Vendas em que aquela pessoa está, e é sobre isso que falaremos agora.

Segmente sua lista de e-mails de acordo com o Funil de Vendas  

Não adianta enviar os mesmos e-mails para todo mundo, pois cada pessoa está numa etapa específica do processo de compra. Portanto, segmente sua lista de e-mail conforme cada momento da jornada:

  • Topo de Funil: conteúdos de valor;
  • Meio de Funil: conteúdos de valor;
  • Fundo de Funil: auxílio à venda;
  • Pós-vendas: manutenção do relacionamento.

Está confuso sobre o que cada um desses momentos significa? Não se preocupe, nós explicamos para você!

  • Conteúdos de valor: para as pessoas segmentadas na lista de “Topo” e “Meio de Funil”, uma das coisas que mais importa é a criação de conteúdo de valor, para aumentar o reconhecimento da sua marca e gerar autoridade dentro do nicho imobiliário. Nestes momentos, e-mails de dicas e informações do setor, como os mencionados acima, são de extrema importância.
  • Auxílio à venda: para as pessoas categorizadas na lista de “Fundo de Funil”, os e-mails devem ser tão personalizados quanto for possível. Chame-as pelo nome, coloque-se acessível para tirar suas dúvidas e exponha cases de sucesso, clientes satisfeitos.
  • Manutenção do relacionamento: para as pessoas que ficaram na lista de “Pós-Vendas”, ou seja, os clientes que já compraram com você, o foco é, além de personalizar os e-mails, tentar manter um relacionamento. Pergunte como está sendo a experiência na nova casa, se restaram dúvidas e se existe algo com que você possa ajudá-lo. Isso é essencial para a boa fidelização.

Cuidado com o português

Não existe outro caminho: acertar o português é essencial. Lembre-se de que esses e-mails construirão a cara da sua marca para aqueles que os leem. Por isso, é imprescindível que você corrija possíveis erros ortográficos e mantenha a linguagem simples, clara e objetiva. Se necessário, consulte revisores online ou coloque cada um de seus textos numa plataforma com corretor automático (exemplo: Microsoft Word, Google Docs).

Utilize técnicas de copywriting 

O Copywriting Imobiliário pode salvar sua vida. Com ele, você tem mais chances de engajar o público, gerar necessidade de compra e, finalmente, finalizar uma venda. Por isso, não abra mão da técnica e aprenda tudo o que você puder sobre ela. Utilize todas as armas que a estratégia lhe oferece para poder criar textos agradáveis, persuasivos e que te ajudam a vender.

Não seja inconveniente 

Saiba quando parar. Se seus e-mails não estão sendo abertos ou respondidos por algumas pessoas, com o passar do tempo, troque a posição dela na sua segmentação de lista de e-mails e, caso isso também não funcione, opte por excluí-la de lá. É importante que sua lista tenha o máximo de engajamento possível, para que você não gaste esforços em pessoas que não vão te retornar.

Além disso, mandar muitos e-mails e não ser respondido pode ser visto pelo receptor como uma atitude inconveniente e um tanto invasiva. Portanto, preste atenção e sempre que puder, faça uma limpeza na sua lista de e-mails.

E então, curtiu as dicas? 

Se você gostou do que te mostramos até agora, é hora de colocar as dicas em prática. Arregace as mangas e comece a trabalhar! O Marketing de Conteúdo pode ser um aliado grandioso na sua venda de imóveis, e o E-mail Marketing, por si só, é uma arma poderosíssima para o aumento de vendas e otimização da sua marca como corretor.

Está esperando o quê? Vamos lá, o CV está aqui, torcendo por você!

 

Este conteúdo é oferecido para você pelo Construtor de Vendas, o CRM mais completo do mercado imobiliário. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV te permite ter um panorama total da sua empresa na tela do computador.

Da prospecção de leads ao pós-venda, você garante otimização agilidade na gestão de vendas de sua equipe. Quer conhecer mais? Acesse o site do CV!

Para saber sobre o mercado imobiliário, gestão de vendas e outros assuntos atuais, acompanhe o blog e nos siga no Instagram.

Está achando que acabou? Não mesmo! Acompanhe outros posts do Blog do CV!

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração