Urbanismo: como serão as cidades do futuro?

cidades do futuro

À medida que passamos pela maior onda de urbanização da história da humanidade, a forma como planejamos, construímos e vivemos nas cidades está sendo reinventada e uma pergunta tem sido constante: como serão as cidades do futuro?

Com mais de um milhão de pessoas se mudando para as cidades toda semana globalmente, o mundo está passando por um processo de urbanização jamais visto. Ao passo que as populações urbanas aumentam, as cidades do futuro também enfrentarão uma série de novos desafios relacionados a infraestruturas, mudanças de estilos de vida, mudanças demográficas e sustentabilidade.  

O Blog do CV analisou mais de perto as três principais tendências que estão reinventando a vida urbana: Co-Living, Edifícios Híbridos e Cidades de Marca. 

 

Urban Millennials e o aumento do co-living 

Os millennials, em muitas partes do mundo, estão se tornando proprietários de imóveis mais tarde na vida. De acordo com estudo feito pelo Urban Institute, eles são mais propensos a adiar o casamento e a gravidez, mudanças de vida que frequentemente levam à casa própria.  

Além disso, à medida que os preços do metro quadrado dos imóveis nas áreas urbanas continuam subindo, o aluguel de imóveis por si só também está se tornando financeiramente fora do alcance para muitos. Assim, um número crescente de adultos opta por morar em acomodações compartilhadas com colegas de quarto para dividir os custos. 

Além desses arranjos de compartilhamento de casas mais convencionais, o aumento do co-living, juntamente com a tendência maior de economia compartilhada, também impulsionou o desenvolvimento do co-living como serviço.  

Oferecendo uma mistura de espaço privado e comum, essas instalações de convivência geralmente vêm com várias comodidades, como serviços de limpeza, espaços de coworking, academias, restaurantes e bares. 

O serviço de co-living baseado em Londres The Collective se descreve como “serviced living”, onde os moradores desfrutam da conveniência de pagar uma única conta mensal por todas as comodidades incluídas e se conectar com outros inquilinos em eventos diários. 

O conceito também ganhou popularidade no Brasil. Se, no passado, os jovens estavam acostumados a repúblicas estudantis e hostels, agora eles têm à disposição um verdadeiro modelo de negócio. O conceito de co-living oferece limpeza agendada, reparos, manutenções, além de facilidades burocráticas, pois não exige seguro fiança ou fiador.  

A curiosidade bateu? Dá uma olhada então nestas propostas de co-living já existentes no Brasil: 

Os espaços de co-living são particularmente adequados, por exemplo, para nômades digitais, que podem priorizar o aluguel de forma flexível sem se comprometer com contratos de longo prazo. Além disso, a alternativa muitas vezes também oferece um senso de comunidade, ela pode ajudar a aliviar a solidão associada à mudança para um novo local e à vida urbana em geral. 

Além dos jovens adultos, o conceito de serviço de co-living também tem apelo para os idosos, pois permite que eles reduzam sua propriedade e se libertem das responsabilidades e custos que vêm com a manutenção da casa. 

 

As cidades do futuro serão híbridas e multifuncionais

cidades do futuro

Além do co-living, outra tendência impulsionada pela falta de espaço e pelo aumento dos preços do metro quadrado nas cidades é o surgimento de edifícios híbridos e espaços de uso misto.  

Em muitos lares ocidentais, os espaços de convivência são tradicionalmente caracterizados por espaços bem separados que servem a propósitos diferentes. No entanto, no futuro, tanto as casas particulares quanto os edifícios comunitários se tornarão mais fluidos para maximizar o uso do espaço, economizar energia e custos. 

Mais e mais serviços no mercado hoje se concentram no uso do espaço existente de forma mais eficiente. Por exemplo, a startup Nooka está permitindo que as pessoas aluguem seu espaço no quintal como escritórios com seus pequenos prédios pré-fabricados (imagem). Já no Vale do Silício, que enfrenta uma grave crise imobiliária, uma concessionária da Toyota está transformando seu estacionamento vazio em apartamentos. 

Com o aumento da densidade populacional nas áreas urbanas e a evolução das práticas de design, arquitetura e urbanismo, é plausível que os espaços de propósito único se tornem cada vez menos comuns no futuro. Tanto as pessoas quanto as empresas encontrarão soluções mais criativas para reaproveitar os espaços para a máxima eficiência. Isso pode, por sua vez, equilibrar a necessidade de novas construções e impulsionar ainda mais o crescimento da economia de plataformas digitais. 

 

Cidades do futuro com marca: empresas privadas se tornam cidades 

cidades do futuro

Acomodar populações cada vez maiores e responder às suas necessidades emergentes é uma tarefa desafiadora para as cidades. Como muitos governos carecem de recursos para construir e manter espaços urbanos, isso representa uma oportunidade para as empresas desenvolverem novas infraestruturas e serviços urbanos e mostrarem sua marca de uma nova maneira. 

À medida que as cidades se esforçam para se tornarem mais inteligentes e sustentáveis, essas parcerias público-privadas estão se tornando mais comuns em todo o mundo. Por exemplo, a cidade de Berlim fez parceria com várias empresas multinacionais, incluindo Panasonic e GSW Sigmaringen, para construir o bairro de cidade inteligente “Future Living Berlin”. Em outra iniciativa, a Volkswagen fez parceria com a Grécia para construir uma ilha modelo, chamada Astypalea (imagem), para mobilidade neutra em termos climáticos no Mediterrâneo. 

As pessoas se mudam para as cidades principalmente em busca de educação e oportunidades de trabalho. Mas como a digitalização torna a presença física cada vez mais desnecessária no futuro, os cidadãos podem escolher livremente onde querem viver com base em suas preferências pessoais. 

Isso criará uma necessidade crescente de as cidades atraírem novos contribuintes e se diferenciarem na concorrência global, possivelmente resultando em mais empreendimentos do setor privado na construção de cidades. 

Por outro lado, a privatização também pode criar uma situação em que as cidades sejam administradas mais como corporações do que como comunidades, potencialmente criando condomínios fechados que podem aumentar a segregação social. 

 

Como sua organização pode moldar as cidades do futuro? 

Como dois terços da população mundial estarão vivendo em cidades até 2050, as próximas décadas colocarão maior pressão nas infraestruturas das cidades e inaugurarão mudanças significativas na arquitetura, planejamento urbano, transporte público e indústrias imobiliárias. 

Independentemente do setor, qualquer organização que tenha escritórios e propriedades também será afetada por essas mudanças. As necessidades emergentes das populações urbanas oferecerão inúmeras oportunidades de inovação em todos os setores.  

Sua organização está preparada para responder a essas mudanças? Que nova função sua propriedade, produtos ou serviços poderia assumir para criar um novo valor para os futuros moradores urbanos? 

 

Você já conhece o CV?    

Este conteúdo gratuito é oferecido para você pelo CV CRM – Construtor de Vendas, o único CRM 5.0 do mercado imobiliário da venda ao pós-venda. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV CRM te permite ter um panorama total da sua gestão comercial na tela do computador.     

Da prospecção de leads à prestação de assistência, você garante otimização e agilidade em todos os seus processos internos. Acesse o site do CV e saiba mais!      

Para conhecer mais sobre mercado imobiliário, gestão de vendas, corretagem de imóveis e outros assuntos atuais, acompanhe o blog e nos siga no Instagram.    

Está achando que acabou? Não mesmo! Acompanhe outros posts aqui no Blog do CV!   

Você também vai gostar de:

Olá, cliente!

Gostou do CV e quer descobrir mais sobre nossas possibilidades? Entre em contato com a gente via Chat ou WhatsApp e saiba como podemos te ajudar!

WhatsApp

Entre em contato pelo WhatsApp CV!

Chat Online

Entre em contato pelo Chat Online CV!

Voltar

Solicite Demonstração